Mensagem para o 4º domingo do Tempo Comum

Estimados irmãos e irmãs!

  Como ouvimos: “Um ensinamento novo dado com autoridade!” (Mc 1,27). Jesus expulsa o espírito mau de um homem, muitas pessoas que testemunham o fato ficam admiradas diante da autoridade de Jesus sobre os espíritos malignos.

   Para fazer isso. Ele entrou numa sinagoga em dia de sábado, o que não era permitido. Para Jesus salvar uma vida  é permitido fazer cura ou exorcismo num dia de sábado. A vida está acima da lei que mata.

   A sinagoga, lugar em que, sob a liderança dos fariseus, o povo se reunia para orar e ler a Bíblia, eram grandes formadoras de opinião e de uma opinião conservadora como a dos fariseus.

   Jesus incomoda os fariseus por entrar na sinagoga num dia de sábado e assumindo a palavra, falava como quem tinha autoridade e não considerava obrigado a repetir o ensinamento repetitivo e autoritário dos fariseus.

   O homem possuído por um espírito mau tem a necessidade de ser e de sentir-se acolhido por uma palavra que o liberte do mal.  E Jesus o liberta da sua enfermidade. A maior e sublime lei é do amor por Deus e pela outra pessoa. O amor cura e expulsa todo tipo de mal. Porque só o amor verdadeiro acolhe e abraça com carinho e leva à solidariedade.

Pe. Laudeni CSC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *