Mensagem para o 2º Domingo da Quaresma

Estimados irmãos e irmãs! 

            Cristo nossa paz nos une para celebrar este domingo no tempo quaresmal com a transfiguração do Senhor: “Este é o meu Filho Amado. Escutai o que ele diz!” (Mc 9,7). A frase é semelhante à do Batismo de Jesus: “Tu és o meu Filho amado: em ti está o meu agrado” ( Lc 3,31; Mt 3,17; Mc 1, 11).

            A transfiguração do Senhor hoje, é contemplada em um dos chamados “mistérios luminosos” do Santo Rosário. Esta é uma sugestão de oração silenciosa, pessoal e comunitária. Também poderíamos fazer uma meditação orante do Evangelho da transfiguração de Jesus em Marcos 9, 2-10. 

            A cena da transfiguração de Jesus com três discípulos Pedro, Tiago e João, ocorre numa montanha elevada, o monte Tabor. Ali, Jesus transfigurou-se diante deles. Sua roupa ficou muito brilhante.

            O relato parece ter a finalidade de fortalecer os discípulos na fé em Jesus, preparando-os para superar as dúvidas que os assaltarão, quando ele vier a ser crucificado.

            Não podemos ficar somente no monte. É preciso por os pés no chão indo de encontro as pessoas que não têm como adorar o Senhor. Muitas delas não tem acesso a Eucaristia dominical por falta de sacerdotes ou por estar isoladas na pandemia.

Jesus está no meio de nós, em sua palavra, escutada e meditada. Como diz: “Homens da Galileia, porque estais a olhar para o Céu? Esse Jesus, que do meio de vós foi elevado para o Céu, virá do mesmo modo que o viste ir para o Céu” (At 1, 11). 

            Que o Senhor nos abençoe com a sua paz! Fraterno abraço!

     Pe Laudeni Ramos Barbosa, CSC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *